hackeando a iPhone SDK

August 4, 2010

seurat rodando na creuzinha (um iPod Touch)!

jogo rápido… dias atrás resolvi estudar um pouco sobre desenvolvimento para a iPhone SDK, o que me permitiria desenvolver aplicativos para iPhone/iPod/iPad. tudo ia muito bem, inclusive os testes para usar openframeworks dentro do iPhone, quando esbarrei num grande empecilho:

como saldo final, fica um ponto negativo: pagar por uma licença pra se tornar um desenvolvedor oficial… isso mesmo! pra se tornar um desenvolverdor-oficial-apple-foda-come-cuzes e assim passar seus aplicativos do simulador pra o aparelho, você terá que pagar a Apple e, além disso, o valor é uma bagatela simbólica no valor de 99$!!!

baseado numa dica de Filipe Calegario, comecei a pesquisar maneiras que me permitissem experimentar meus aplicativos no próprio aparelho, sem ter que pagar à Apple por isso. o processo, muito bem documentado em vários sites pela internet, pode ser dividido em 2 etapas distintas:

  1. realizar o Jailbrake no seu device:
  2. o objetivo de realizar isso é liberar seu Firmware para que ele possa receber Aplicativos que não foram oficialmente aprovados pela Apple, o que acaba abrindo possibilidades interessantes, como customizar vários elementos de interface, até desenvolver seus próprios aplicativos pra plataforma.

    existem diversos sofwares que fazem isso de maneira bem simples (vide redsn0w, blackra1n, spirit), a depender da versão do seu dispositivo, do seu firmware (você pode verificar essas informações em Ajuste > Geral > Sobre) e do software da sua máquina (sistema operacional e versão do itunes). isso é muito importante, pois os softwares citados não funcionam com todos os tipos de firmware/softwares/devices: é imprescindível que vc pesquise antes se o software escolhido é adequado para a sua plataforma.

    no meu caso, por exemplo, busquei por um software que fosse compatível com o iPod Touch 3G, firmware 3.1.3, o que me levou a optar pelo spirit (o único até agora que trabalha com essa versão. caso vá utilizar os outros, é necessário realizar um downgrade para a versão 3.1.2). utilizando com o iTunes 9.1, OSX 15.5.8, o processo tomou-me apenas alguns minutos e pouquíssimos cliques.

    um último comentário; esta operação, bem simples de ser executada dado a consideração acima, é perfeitamente legal do ponto de vista jurídico (na verdade, parece que nunca foi considerada ilegal, mas bem…). além disso, o Jailbrak não afeta em nada seu relacionamento com o iTunes e a AppleStore.

    fontes:
    [1] http://redsn0w.com
    [2] http://blackra1n.com
    [3] http://spiritjb.com

  3. configurar o ambiente de desenvolvimento:
  4. etapa um pouco mais complicada do que a etapa acima (envolve mexer no terminal, alterar arquivos)… mas nada de outro mundo! em linhas gerais, o processo consiste em criar uma assinatura digital para o código (codesign) e redefinir a forma como essa assinatura é verificada.

    tal como a etapa acima, aqui a versão do seu Firmware/Device também é muito importante: é imprescindível checar se os guias encontrados condizem com sua versão (dica: é legal dar uma checada nos comentários também, pois algumas pessoas por vezes testam o processo num outro firmware diferente e acabam encontrando uma forma de fazê-lo funcionar).

    uma dica de um bom guia passo-a-passo é o blogue de Alex White. caso não tenha gostado desse, ainda existem diversos outros guias espalhados pela web.

    fonte:
    [1] http://www.alexwhittemore.com/?p=354#more-354

bem é isso… espero ter ajudado!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: