pyata – programando o pure data com python

June 11, 2010

dando continuidade a minha linha de pesquisa sobre Dynamic Patching, desenvolvi um nova ferramenta: o Pyata.

Pyatã (do Tupi, ou ainda Py.thon + Pure D.ata) é um simples módulo python opensource e multiplataforma que permite que o Pure Data (vulgo Pd) seja utilizado como uma API. em outras palavras, se trata de uma abstração do Pd, que permite ao Python utilizar praticamente todas as funcionalidades do Pd, incluindo criar, editar e remover patches, sem a necessidade de interação por parte do usuário com a interface do Pd.

o vídeo abaixo mostra algumas coisas que podem ser feitas com o projeto (a propósito, para uma melhor compreensão, recomendo assistir ao vídeo na página do Youtube, em HD):

a ferramenta em Python é  uma implementação em Python do protocolo FUDI, já citado aqui mesmo no blog, que permite o Dynamic Ptaching . ela também pode ser vista como uma evolução do PyPd (mais completa, enxuta e estável),  ferramenta que implementei durante meu trabalho final de conclusão de curso (por conta disso, o projeto  do Pypd será descontinuado).

dessa forma, o que o módulo faz é receber os comandos do Python e transformá-los numa mensagem FUDI equivalente. Essas mensagens são enviadas para o core do Pd, que as processa num Patch que roda virtualmente dentro da máquina, gerando resultados. Após isso, tais resultados são carregados no programa Python, mantendo a sincronia do programa com o Patch virtual.

com o Pyata é possível:

  • criar, editar, remover, mover, clicar, (des)selecionar caixas (objeto, números, symbols, comentários e mensagens);
  • pegar do pd o estado de qualquer caixa (números de inlets/outlets, id de cada caixa, além dos valores de números e symbols em tempo real);
  • gerenciar conexões (conectar e disconectar);
  • operações básicas (copiar, colar, duplicar, cortar e salvar);

maiores informações, incluindo o código fonte e tutoriais, podem ser encontrados no site do projeto:

http://code.google.com/p/pyata/

mais uma vez obrigado ao pessoal da lista do Artesanato de Volts pela ajuda, em específico a Vilson Vieira (e o seu topd)!
abraços!

Advertisements

One Response to “pyata – programando o pure data com python”

  1. Ada 2.0b « Says:

    […] Inspirado no Emotional Kernel Panic e no Marvim Gainsbug, este projeto foi desenvolvido no Pure Data e em Python, utilizando um módulo especial para Dynamic Patching do Pd já citado aqui mesmo, no blog, o Pyata. […]


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: